Buscar
  • Mob Marketing Digital

LinkedIn, a maior rede social corporativa do mundo.


Com milhões de membros ativos, o LinkedIn é a maior rede social profissional que existe, nessa rede social, as interações podem influenciar a carreira, positiva e negativamente. A plataforma tem diversas finalidades e, atualmente, um papel considerável nas contratações de pequenas a grandes empresas.


É importante ter em mente que a plataforma se trata de um ambiente profissional e levar isso em conta desde o cadastro, que constam dados pessoais, de contato, informações acadêmicas e profissionais. É possível adicionar um resumo sobre sua carreira, links para um site ou blog e anexar publicações externas.


Depois de completar o perfil, é o momento de procurar por “conexões”, como são chamados os contatos. Nesse ponto, adicione quem você conhece diretamente e quem gostaria de conhecer. O ideal é focar em pessoas ligadas ao ramo, indústrias e empresas em que você está ou queria estar.




Além de oportunidades de vagas disponíveis, uma vantagem marcante da plataforma é a soma de networking que a plataforma permite, não importa em que momento profissional você esteja, é importante manter sua rede de contatos aquecida. O LinkedIn é uma ótima ferramenta para isso.


Você também pode conversar com seus conhecidos, parabenizá-los por novos empregos e trocar informações e na medida em que a plataforma é consultada por tantos contratantes, ela pode te ajudar a se estabelecer como profissional.


Em cada perfil há espaço para recomendações, que você pedir a colegas, antigos chefes, etc. Elas ficam visíveis e podem contribuir para uma boa impressão a quem visita sua página.


O principal, para fortalecer sua credibilidade utilizando a rede, é demonstrar atividade de qualidade (curtir e publicar bons textos, contatos fortes, etc.) e manter o perfil atrativo e atualizado.


Se você quer procurar emprego, use a aba “Vagas”. Lá, é possível pesquisar por localidade, função, setor e até salvar a busca.


Perfis com foto são quatorze vezes mais vistos. O retrato não precisa ser necessariamente formal, mas deve levar em conta seu meio de trabalho e, principalmente, sua identidade. Foque em imagens neutras ou em contexto adequado.


Não se esqueça de campos como causas, organizações filantrópicas e projetos de voluntariado. As empresas também observam esta parte, e ela pode ser um diferencial.


Personalizar o endereço (URL) faz com que seu perfil apareça antes no Google. Isso porque ao customizar o link, você ganha uma assinatura mais concisa e sobe nas pesquisas. Para editar, selecione o ícone de ajuste ao lado da URL que o LinkedIn disponibiliza, logo abaixo da foto.


A ideia é transformar seu perfil em um blog. Se bem feitos, seus escritos podem se tornar conhecidos entre suas conexões, as conexões delas e assim por diante, transformando-o em um “Influencer” dentro do seu segmento.


Lembre-se sempre que o LinkedIn é uma rede profissional e publique o que for adequado.

3 visualizações0 comentário